MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Doctor SUP
Colete Salva-vidas
Por Redação SupClub em 24/05/19
Confira a matéria desta semana do nosso colunista Fabiano Bartmann.
1027x684
 Competidor usando o flutuador de cintura, este equipamento é muito usado fora do Brasil, principalmente em competições. Foto: Divulgação.

 

Quando se fala e pensa em colete salva-vidas, sempre pensamos: quem não sabe nadar ou para embarcações ou para o lazer.

 

Até pode ser, mas o problema não está só na opinião, e sim, qual o material que é utilizado?

Se formos numa loja, sempre ouvimos a mesma coisa: nunca ninguém reclamou ou essa marca é conceituada ou é um ótimo produto. Pergunta quais as diferenças das células de flutuação, não sabem e pior, não existe informação.

Na verdade, a informação não existe também, o brasileiro não tem a cultura de saber ou se importar de fato o que é e como funciona. Como eu pesquiso muito sobre a tecnologia dos materiais, vou navegando e vou encontrar as informações, em sites internacionais de lojas e incrível que pareça, nem no fabricante existe a informação muitas vezes.

600x415
Garotas prontas para disfrutar da remada em segurança, será? Foto: Divulgação.

 

Uma marca brasileira que explica e faz vídeos explicativos dos seus produtos é a Ativa Náutica. 


Quase todo o portfólio deles, tem explicação dos testes de durabilidade e flutuação, qual a indicação do uso, isto é, mostram a preocupação da qualidade dos seus produtos. Isso mostra transparência real.

Nas minhas pesquisas quando comprei o colete, a Duck me convenceu não só pela minha necessidade, e sim, pela explicação técnica das células de flutuação. Na página deles, mostravam os coletes com flutuadores PVC/NBR e EVA/Polilux.

1280x720
As grandes marcas de surf vem invsetindo bastante neste tipo de flutuador. Foto: Divulgação.

 

Como não encontrei o que eram esses materiais, mandei um e-mail para eles perguntando e responderam com todas as informações técnicas, as diferenças e alguns sites dos fabricantes desses produtos (http://gauchoaventura.blogspot.com/search/label/Colete%20Salva-vidas).

 

Escrevendo essa matéria, lembrei que tinha visto numa marca de colete, o material dos flutuadores e fui pesquisar agora. Sempre a mesma coisa: produzido pela referência mundial do fabricante de “alguma coisa”. Quando tem o nome do fabricante, tu tentas achar a página e quando entra, não encontra sobre flutuadores e quando acha, vem sempre o tal do ISO.

646x400
Seja qual for o coelte é muito importante você analisar se ele é correspondente ao seu peso. Foto: Divulgação.

 

Fui pesquisar qual era aquele ISO especificamente e aparece qualquer coisa, menos o que significa.

 

Só fui entender e me preocupar com o ISO, quando uma amiga que é engenheira de uma fábrica de cimento, me disse que um tipo de cimento deles tem ISO. Achei legal e perguntei o que atestava. Me respondeu, que o ISO em questão, atesta que o pacote tem 1 kg, nem mais e nem menos.

Aonde quero chegar com isso? Não quero conspirar contra as empresas de colete salva-vidas, bem pelo contrário, o Brasil é carente de empresas de qualidade e com a crise, está pior ainda.

Tanto as empresas quantos os remadores, temos que nos preocupar mais com as informações e qualidade do produto. Temos mania de achar que é tudo igual ou o caro é só a marca ou as fábricas pequenas não tem poder de qualidade. Bem pelo contrário, nas minhas aulas, uso muito o exemplo da sigla SOLAS - Safety of Life at Sea que estabelece a Proteção da Vida no Mar.

1278x676
Novos produtos vem sendo desenvolvido a cada dia para aumentar a proteção dos praticantes de esportes aquáticos. Foto: Divulgação.

 

Se existe convenção de Proteção da Vida no Mar, cadê as informações mais completas que confirmem ou atestem a qualidade dos produtos?

 

Sempre que entrarem na água e principalmente em águas abertas, lembrem da Convenção de SOLAS!!!

Fabiano Bartmann

Fisioterapeuta – CREFITO 5 / 50266-F

Profissional de Educação Física – CREF 9768-G/RS

Mestre em Biociências e Reabilitação

Especialista em Acupuntura

Professor da Faculdade Sogipa

Bi-Campeão Race Master, no RS / 2017 e 2018

Membro da equipe Rabbit de SUP

Veja também
Leitura Dinâmica

Leitura Dinâmica

SUP um esporte para todos

Por dentro do SUP

Por dentro do SUP

Treinamento: empirismo vs ciência

Doctor SUP

Doctor SUP

Pesquisas científicas em SUP

Por dentro do SUP

Por dentro do SUP

Atleta amador e eventos

Doctor SUP

Doctor SUP

Overtraining e Overuse

Doctor SUP

Doctor SUP

Roupas térmicas

Papo Reto

Papo Reto

Michel de Carli Ferreira

Doctor SUP

Doctor SUP

Comunicação na água

SUP Surviver

SUP Surviver

Localização na água

Doctor SUP

Doctor SUP

Michel de Carli Ferreira

Doctor SUP

Doctor SUP

Rastreador de GPS

Doctor SUP

Doctor SUP

Givago Ribeiro

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Clima Selvagem

Doctor SUP

Doctor SUP

Matheus Albernaz

Conexão Austrália

Conexão Austrália

Happy Days