MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Por dentro do SUP
Categoria 14 pés x 12.6
Por Alex Araujo em 19/03/19
Brasileiro de SUP em Salvador abre a temporada de disputas da CBSUP 2019
2048x1365
Circuito Brasileiro de SUP 2019 Foto: Nicole saback

 

Com o anúncio da mudança da categoria principal 12,6 para 14 pés, muitas dúvidas surgiram tanto pelo transporte quanto pela performance dos atletas. Nesta matéria vamos abordar algumas questões de suma importância para os atletas que pensam em competir e para os que estão em dúvida se vão competir na primeira etapa do Brasileiro.

 

Como transportar a prancha 14 pés?

Em pesquisa com as principais companhias aéreas tivemos as seguintes informações:

TAM, GOL e AVIANCA: Pagando a taxa referente a transportes de equipamentos esportivos as operadoras levam a prancha sem restrição.

 

OBSERVAÇÕES:

- Lembrando que isso não impede na hora de embarque que a operadora decida não enviar e lhe direcionar para o cargo.

- A dica que damos a todos é chegar no aeroporto com no mínimo 4 horas antes do voo para poder embarcar sem stress o equipamento e caso haja necessidade de envio por cargo tenha tempo hábil para fazer seu embarque.

 

PERFORMANCE DA 14 SOBRE A 12.6 e OUTRAS DUVIDAS

 

A maior duvida entre os atletas é de se consigo correr de 12.6 na categoria 14 pés?

 

Sim você pode correr com certeza a categoria 14 com sua prancha 12.6 sem nenhuma restrição.

 

Qual a diferença de performance da 12.6 sobre a 14 pés?

Quando falamos de diferença de performance entre o tamanho das pranchas, existem algumas situações bem relevantes que precisamos levar em consideração:

Em uma situação de upwind ( vento contra) a prancha 12,6 leva um vantagem considerável, já que a atração do vento e o peso se torna menor, e com isso o remador tem um menor desgaste e maior desempenho.

Na prova técnica dependendo da condição do mar as pranchas 12.6 ainda tem uma leve vantagem para atravessar a arrebentação, fazer boias e pegar onda.

Claro que tudo isso devemos levar em consideração a habilidade de cada atleta, e o nível competitivo de cada um, mas no geral já vi muito atleta de 12.6 dando couro em atletas da categoria 14 pés.

Uma certa é que nesta primeira parada do Circuito Brasileiro de 2019 em Itacimirim, muitos paradigmas serão quebrados e muitos atletas irão despontar no circuito. E você vai ficar fora desta?

 

Mahalo!

 

Veja também
Brasileiro de SUP Race

Brasileiro de SUP Race

Brasília pronta para receber evento

Circuito Baiano de Sup Race

Circuito Baiano de Sup Race

41º Regata Marcílio Dias

SUP World

SUP World

Red Paddle Dragon

Desafio Ecoporan

Desafio Ecoporan

Atletas dão show nas águas de Itacaré

Euro Tour

Euro Tour

Vinni Marrins é terceiro na Espanha

ISA & APP World Tour

ISA & APP World Tour

Parceria de Sucesso

Row To Win

Row To Win

Festival de Alma Salgada

London SUP Open

London SUP Open

Nova geração domina a etapa

CBSUP

CBSUP

Brasília é palco da segunda etapa

Neutrox Weekend

Neutrox Weekend

Inscrições Abertas

Euro Tour

Euro Tour

Vendée Gliss

APP World Tour

APP World Tour

London SUP

Manifesto Paddle League

Manifesto Paddle League

Mudança no ar

Taiwan Paddle Games 2019

Taiwan Paddle Games 2019

Dani Hasulyo e Soni Honschield vencem

Barranca ALAS Latin Pro

Barranca ALAS Latin Pro

Peru domina a competição

Rei de Búzios 2019

Rei de Búzios 2019

Evento promete uma grande encontro