MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Riyue Bay
China, será palco do ISA World Stand Up Paddle
Por Alex Araujo em 17/08/18
O point break de Riyue Bay, em Wanning, China, será palco do ISA World Stand Up Paddle.
728x485
Wanning, ISA World Stand Up Paddle 2018. Foto: Divulgação

 

O point break de Riyue Bay, em Wanning, China, será palco do ISA World Stand Up Paddle (SUP) and Paddleboard Championship, o Mundial de SUP e Remada promovido pela ISA (International Surfing Association), entre os dias 23 de novembro e 2 de dezembro.

 

A ilha de Wanning já recebeu grandes eventos promovidos pela ISA e desta vez contará novamente com disputas nas categorias SUP Race, SUP Surf e Remada, incluindo pela primeira vez uma categoria Sub 18 na corrida técnica de Stand Up Paddle.

 

A edição do Mundial de SUP e Remada deste ano estava marcada para acontecer em Búzios (RJ), mas a organização fluminense não conseguiu cumprir as regras contratuais com a ISA e obrigou a entidade a escolher uma nova sede.

Esta notícia pegou os atletas de surpresa, já que todos estavam empolgados com  a possibilidade de disputar o mundial em águas brasileiras, mas infelizmente o evento irá acontecer do outro lado do planeta em águas chinesas.

No ano passado, o Mundial foi realizado na Dinamarca, e já passou por Peru (2012 e 2013), Nicarágua (2014), México (2015) e Fiji (2016).

2400x1467
ISA World Stand Up Paddle 2018. Foto: Divulgação

 

Segue algumas informações sobre o país e seu litoral.

 

A China, formalmente a República Popular da China, é uma nação do leste asiático. É o país mais populoso do mundo, com mais de 1,35 bilhão de habitantes e uma das civilizações mais antigas do mundo.

O país da Grande Muralha tem uma área total de 9,6 milhões de quilômetros quadrados e faz fronteira com 14 países, a saber, Rússia ao nordeste, Índia e Paquistão ao sul, Vietnã a sudeste e Afeganistão a oeste.

O litoral tem 14.500 quilômetros de extensão. A China enfrenta o Oceano Pacífico e é banhada pelos mares de Bohai, Amarelo, Sul da Ásia e Leste Asiático.

O clima da China varia de acordo com o tamanho e a geografia complexa do país, mas é predominantemente continental, com invernos frios e secos e verões úmidos e quentes.

As temperaturas médias na capital, Pequim, variam entre -3,7 ° C em janeiro e 26,2 ° C em julho.

A estação chuvosa ocorre entre maio e setembro, devido às monções sudeste e sudoeste. A chuva cai com mais intensidade nas regiões do Sudeste.

A costa sudeste também é geralmente exposta a tufões entre julho e setembro.

O surfe tem crescido constantemente na China no século XXI. Os primeiros eventos profissionais de surfe podem ser novos, mas a qualidade das ondas tem estado no país desde então.

 

2400x1374
ISA World Stand Up Paddle 2018. Foto: Divulgação

 

A ilha de Hainan é, sem dúvida, a capital do surfe na China. Hoje, Wanning atrai centenas de turistas a cada semana. Os ventos offshore uivantes, as ondas do Pacífico e as praias fazem o resto.

 

Na costa leste da ilha de Hainan, existe vários picos de surf entre Ganzhe Dao e Xincun Gang. Nesta faixa, há ótimos spots para o inverno: a Baía de Shimei, a famosa Baía de Riyue, a Praia de Ho-Hai e "Matos".

Durante a temporada de verão, as melhores ondas da China estão localizadas no sul da ilha de Hainan. Os locais de surfe de Sanya Bay, Dadonghai Bay, Baía de Yalong e "One Man Left" podem ser facilmente surfados perto de Sanya.

 

1010x567
Baía de Hangzhou, China. Foto: Divulgação

 

A pororoca de Qiantang é famosa, mas perigosa. Se você quiser surfar rio abaixo, a partir da Baía de Hangzhou quase 30 quilômetros após a cidade de Hangzhou, você precisa de permissão das autoridades locais.

 

2400x1374
ISA World Stand Up Paddle 2018. Foto: Divulgação

 

O pico de Riyue Bay palco do Mundial de SUP da ISA fica localizado na costa sudeste de Hainan, o local é conhecido como a Capital do Surf na China, o local é perfeito para surfistas de todos os níveis. A praia é alucinante e conta com vários hotéis e escolas de surf espalhadas pela praia.

Vamos aguardar e ver quem serão os representantes da seleção Brasileira na competição, pois além de brigar pela vaga os atletas terão um desfaio gigante para poder chegar na competição.

 

Veja também
Itapuma Surf e Sup Festival

Itapuma Surf e Sup Festival

Hermano Victor sai na frente

Realce Nordeste Itapuama Festival

Realce Nordeste Itapuama Festival

Nordestino de SUP Wave

CBSUP

CBSUP

Jogos Radicais Urbanos 2019

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

Em busca da medalha

CBSUP

CBSUP

Entidade divulga Ranking 2019

Molokabra

Molokabra

Ceará o Havaí Brasileiro

Brasileiro de SUP Race

Brasileiro de SUP Race

Condições difíceis marcam a segunda etapa

Brasileiro de SUP Race

Brasileiro de SUP Race

Brasília pronta para receber evento

Circuito Baiano de Sup Race

Circuito Baiano de Sup Race

41º Regata Marcílio Dias

SUP World

SUP World

Red Paddle Dragon

Desafio Ecoporan

Desafio Ecoporan

Atletas dão show nas águas de Itacaré

Euro Tour

Euro Tour

Vinni Marrins é terceiro na Espanha

ISA & APP World Tour

ISA & APP World Tour

Parceria de Sucesso

Row To Win

Row To Win

Festival de Alma Salgada

London SUP Open

London SUP Open

Nova geração domina a etapa

CBSUP

CBSUP

Brasília é palco da segunda etapa