MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Tríplice Coroa 2018
Palavra dos atletas!
Por Alex Araujo em 19/10/18
Confira a matéria com os atletas que estão no ceará aproveitando as condições do Hawaii Brasileiro.
1280x720
Tríplice Coroa 2018 Foto: SupClub

 

Depois de dois dias de provas e muita diversão o Spot Paddle e o Aloha Spirit Downwind a Tríplice Coroa se concretiza como a prova mais divertida e técnica do Brasil.

Depois de dois dias de espera para iniciar a Tríplice Coroa devido ausência de ventos  e uma ondulação de norte a organização decidiu segurar a primeira prova , O Spot Paddle que tem seu percurso de Fortaleza até a praia do Cumbuco, Litoral oeste do Ceará que fica a 30 km da capital.

SPOT PADDLE

Na quinta-feira a previsão era mais animadora e a organização decidiu colocar na água a prova e as 10:00 da manhã foi dada a largada do Spot Paddle, e este primeiro percurso não decepcionou a galera, que mesmo com a condição não estando perfeita, fez a cabeça de todos.

ALOHA SPIRIT DOWNWIND

Com a previsão mais alinhada e quase batendo de acordo com as condições diárias do Ceará. A organização colocou na água na sexta-feira o Aloha Spirit Downwind, segunda prova da Tríplice Coroa, em um percurso de 12 km que separam a Capital Fortaleza da Praia da Barra do Ceará, um dos locais mais lindos e um dos bairros mais antigos de Fortaleza.

O downwind estava mais encaixado e vários atletas puderam surfar bastante até a chegada na praia.

Este percurso é mais tranquilo, pois devido ser mais próximo a navegação fica mais fácil, para mim este percurso na condição certa é quase igual Maliko no Hawaii.

Como fazemos em todas as provas, estas não poderiam ser diferentes e fomos escutar os atletas para saber o que eles acharam destas duas provas até o momento.

Confira :

IVAN MUNDIM
CATEGORIA SUP STOCK 50+

1258x720
Ivan Mundim Foto: Go Pro

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova ?

IVAN MUNDIM: A primeira prova (Spot Paddle) foi bem legal, principalmente na segunda metade, onde o vento apertou proporcionando ótimos bumps e boas disputas. 

A segunda prova (Aloha Spirit), apesar de não apresentar condições clássicas, 

teve muito surf em ondas menores e pra mim foi eletrizante, pois me mantive o tempo todo próximo ao líder (Paulo Vasco) e à nossa tricampeã brasileira Lena Ribeiro.

Cheguei a liderar em alguns momentos e completei 50 segundos atrás deles. 

SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

IVAN MUNDIM: Para o W2 estou bem confiante e a previsão de ventos e ondas é muito boa.
 

Estou amarradão de estar aqui no Ceará com essa galera maravilhosa e fazendo uma das coisas que mais amo.


DAVE MACKNIGHT:
OC1 MASCULINO

787x1112
Dave Macknight Foto: Divulgação.

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?

DAVE MACKNIGHT: Alucinante estar aqui fazendo este downwind, mas duas provas muito perto, deixam o corpo um pouco cansado. 

SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

DAVE MACKNIGHT: A prova de 30 é mais legal, você pega uma linha mais por fora, onde rolam ondas melhores e mais constantes. A prova de hoje é muita pancadaria, Força mesmo as ondas só apareceram do meio pro fim.

A prova final, w2 acho que vai ser mais legal por ser justamente nessa raia lá de fora. Melhores ondas, uma linha mais “limpa

Downwind de Dave e Vitor Pogeti:



DENNIS GOEBE PRAÇA:
SUP UNLIMITED

1280x960
Dennis Goebe Foto: Tríplice Coroa

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova ?

DENNIS GOEBE PRAÇA: Foram dois dias irados, no primeiro dia cometi alguns erros de principiante neste tipo de prova, meu parafuso do leme estava um pouco solto e com isso meu cabo frouxou, o que dificultou muito eu poder surfar as ondas. Tive que parar diversas vezes para tentar regular o leme.

SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

DENNIS GOEBE PRAÇA: Na minha opinião foi a prova do Aloha Spirit downwind devido a primeira prova eu ter ficado todo o tempo brigando com a prancha.

Hoje conseguiu me achar com o equipamento e consegui surfar boas ondas, colocando a prancha no pé.

Estou bem confiante para disputar o W2, já estou bem mais adaptado com  meu equipamento, e a previsão para terça-feira é clássica, com vento forte e muita onda.

LENA GUIMARÃES:
SUP UNLIMITED

598x595
Lena Guimarães Foto: Tríplice Coroa

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova ?

LENA GUIMARÃES: Foram provas incríveis! Vento e ondulações permitindo muito surf. Na prova de hoje, por ser menor, a estratégia era ir mais por dentro, mas mesmo assim tinham ondas boas. Achei as condições parecidas, sendo hoje mais fácil um pouco pois não precisava remar tanto para fora para ganhar altura.

SUPCLUB:Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

LENA GUIMARÃES: Para o W2 a previsão é de mais vento e ondas maiores. Todos estão ansiosos para terça feira.

CAUE SERRA
OC1

1280x720
Cauê Serra Foto: Arquivo Pessoal

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?


CAUÊ SERRA: Estes dias estão sendo bem legais, na realidade a Tríplice Coroa é a prova mais legal do Brasil, a gente espera o ano todo para vir para cá, e uma experiência única, podemos conviver com todos estes amigos por uma semana, aprendendo muito, tenho aprendido bastante com o Pedrinho, a gente almoça todos os dias e ficamos conversando sobre a prova, só por esta experiência já valeu a prova.


SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

CAUÊ SERRA: O vento não esta tão forte a ondulação não está muito grande, como é de costume aqui, mas mesmo assim está bem divertido.

Na primeira prova eu passei mal, devo ter comido alguma coisa que não caiu bem, por isso não consegui surfar muito.

Para mim hoje foi a melhor condição, o vento estava bem forte e deu para surfar bastante.

A expectativa para o W2 é muito boa, todos estão bem confiantes com a previsão, estou muito animado para disputar o W2, mesmo estando fora da disputa da Tríplice Coroa.


PATRICIA KRUGER:
OC1 FEMININO

648x1152
Patricia Kruger Foto: Arquivo Pessoal

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?


PATRICIA KRUGER: Foi muito bom, minha primeira prova de Downwind na prova dos 30km foi muita adrenalina para mim, foi aprendizado e também um controle emocional para aguentar a prova, na segunda eu já me senti melhor e mais confiante, estou competindo com uma canoa emprestada e a adaptação a ela também conta.

SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

PATRICIA KRUGER: As duas provas foram muito boas, condição alucinante.  A minha expectativa para o W2 são as melhores, quero melhorar o tempo e surfar muito

CLAUDIO CHAIN:
OC1 MASCULINO

720x544
Claudio Chain Foto: Arquivo Pessoal

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?


CLAUDIO CHAIN: Estes dias aqui no Hawaii Brasileiro estão sendo alucinantes, povo atencioso, organização perfeita e uma vibe incrível.

SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

CLAUDIO CHAIN:
Na minha opinião achei a prova do Spot Paddle com uma condição melhor, embora não estivesse perfeito, consegui manter uma média de velocidade muito maior que a prova do Aloha Spirit Downwind.

Nesta prova de sexta-feira teve um surf bem legal a partir do meio da prova para frente, não estamos com a condição perfeita, mas esta dando para se divertir bastante.

Estou muito confiante para a prova do W2, pois a previsão é para estar com boa ondulação e vento alinhado.


MARINHO CAVACO
SUP UNLIMITED

671x806
Marinho Cavaco Foto: SupClub

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?

Os dois dias foram bem divertidos acho que todos sentiram esse sentimento também.

Hoje parecia ter mais ondulação devido estarmos mais próximo da Costa na prova de 12km,


SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

As duas foram legais, mas espero que no W2, realmente a gente sinta aquele prazer de navegar arriscar uma linha mais pra fora ou mais pra dentro. Mas as duas provas foram bem parecidas apesar de uma ter sido de 12 km.

A expectativa é boa, a previsão mostra que vai estar a melhor condição de todos os dias.


GUTO CAMARGO
SUP STOCK 40+

477x598
Guto Camargo Foto: Instagram

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?


GUTO CAMARGO: Foram dois dias alucinantes, adoro o Ceará e poder estar aqui remando nesta condição do lado de vários amigos é muito bom.

SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

GUTO CAMARGO:  A primeira prova foi muito legal, embora a condição não tivesse encaixada, deu para pegar bons bumps e fazer uma navegação muito técnica.

Na prova do Aloha Spirit Downwind consegui encaixar bem as ondas, e diminuir bastante minha distância dos atletas da minha categoria.

A expectativa para o W2 é a melhor possível, pois a previsão é de ventos e ondulação perfeitos para o downwind, já estou bem ambientado com a condição e espero baixar bastante meu tempo.

PAULO VASCO
SUP STOCK

1280x960
Paulo Vasco Foto: Divulgação.

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?

PAULO VASCO: Estes dois dias foram bem legais, muito boa esta troca de informação com outros competidores.


SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?


PAULO VASCO: A primeira perna tinha pouco vento e a ondulação não estava alinhada. Já na segunda perna a direção da ondulação teve uma leve melhorada.

Tudo indica que a terceira perna w2 teremos ótimas condições.

MARTA TERRA
OC1 FEMININO

774x1032
Marta Terra e João Castro Foto: Arquivo Pessoal

 

SUPCLUB: Como foram estes dois dias de prova?

MARTA TERRA:  
No primeiro dia estava bem anciosa, já que tivemos um dia de espera por conta das condições. A prova na minha avaliação foi ótima. Vento e ondulação mais alinhadas nos proporcionaram excelentes momentos de descida. Marinheira de primeira viagem nesse estilo de prova, me senti muito à vontade e segura, sem falar na imensa felicidade e gratidão de viver "esse momento lindo". Cometi um erro no final da prova, por conta da anciedade, que me fizeram perder valiosos minutos mas tudo é aprendizado, ficando com o segundo lugar. O segundo dia, a pressão da remada já aumentou devido ao trajeto mais curto. Mantive a liderança uma boa parte da prova mas nossa categoria está muito bem representada com atletas de muito gabarito como Thassia e Patrícia, e perdi a liderança para Thassia, ficando novamente com o segundo lugar.


SUPCLUB: Qual prova deu a melhor condição de downwind, e qual a expectativa para o W2?

MARTA TERRA: Na minha opinião o primeiro dia deu uma melhor condição de downwind comparado com o segundo dia.

Sobre a expectativa para o W2 são as melhores possíveis. Agora mais à vontade com a dinâmica da prova, me sinto mais motivada ainda. Se a previsão se mantiver, teremos o melhor dia de surfe de toda etapa. Na realidade cada dia, cada entrada no mar, é diferente do outro, e nos reserva novas aventuras. O importante é estar disposto e motivado para enfrentar e principalmente se DIVERTIR.

 

CONFIRA A PREVISÃO PARA ESTE SÁBADO

 

Ondulação: Leste bem alinhada de 12 a 14 segundos.

Vento: leste com intensidade de moderada a forte, velocidade de 16 knots.

1016x292
Previsão Divulgação: Supclub/Waves

 

PRÓXIMAS PROVAS


W2 DOWNWIND

Percurso de 30 km saindo de Fortaleza, chegando no Cumbuco. Esta prova conta com uma janela de espera para ser realizada na melhor condição.

 

Acompanhe no SupClub, todas as informações do evento, e acompanhe ao vivo os atletas na competição pelo sistema Spot, clique aqui!

 

Veja também
Por dentro do Tour

Por dentro do Tour

O mundo de olho nas Canárias

Panhandle Paddle Classic 2018

Panhandle Paddle Classic 2018

Brasil chega junto

Rei e Rainha do Mar 2018

Rei e Rainha do Mar 2018

Animal e Aline vencem em Ubatuba

Rip Curl Guarujá Open

Rip Curl Guarujá Open

Luiz Diniz vence em casa

Rei e Rainha do Mar

Rei e Rainha do Mar

Evento rola em Ubatuba

Rei de Búzios 2018

Rei de Búzios 2018

Vinni e Lena reinam em Búzios

Rip Curl Guarujá Open

Rip Curl Guarujá Open

Atletas dão show de surf

Rip Curl Guarujá Open

Rip Curl Guarujá Open

Circuito Guarujaense de SUP

Rei de Búzios 2018

Rei de Búzios 2018

Palavra do diretor técnico.

Paris SUP Open 2018

Paris SUP Open 2018

Quem serão os campeões?

Aloha Spirit 2019

Aloha Spirit 2019

Calendário confirmado

Peru é palco do Pan

Peru é palco do Pan

Pan-Americano de SUP 2018

Red Bull Heavy Water 2018

Red Bull Heavy Water 2018

Evento cancelado

Brazilian SUP Storm

Brazilian SUP Storm

Brasil domina ranking APP 2018

South to South de SUP Vicentino

South to South de SUP Vicentino

Léo Gimenes imbatível em Itararé

Red Bull Heavy Water 2018

Red Bull Heavy Water 2018

Pontos valiosos em Ocean Beach