MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Jogos Radicais Urbanos
Palavra dos atletas!
Por Alex Araujo em 17/10/18
Conversamos com os principais atletas de cada categoria para colher informações sobre o evento.
960x640
Atletas : Fabio Mota

 

Neste último final de semana, tivemos o fechamento do Circuito Brasileiro de Sup Race da CBSUP, com os Jogos Radicais Urbanos. Prova no formato Sprint Olímpico que movimento o Parque das Nações em Campo Grande.

Como de costume depois dos eventos fazemos uma matéria para saber o que os atletas acharam da organização, estrutura e também a opinião de cada um deles sobre tudo que rolou na competição.

Este depoimento é sempre bem democrático, todos tem vez, pois todas as categorias fazem parte do show e aqui no SupClub fazemos questão de apoiar o SUP e aqueles que fazem o show acontecer!

Na minha opinião este é o melhor termômetro para o organizador avaliar seu produto e entender o que se passa no “backstage” de seu evento.

Confira a declaração dos atletas:

MARIO CAVACO
CATEGORIA: 12.6 ELITE MASCULINO

960x640
Mario CavacoCBSUP Foto: Fabio Mota

 

SUPCLUB: O que você achou do evento?

MARIO CAVACO: Tudo muito organizado, área dos atletas com bastante espaço e com frutas e água a vontade.

SUPCLUB:
Sobre o kit e premiação o que você achou?

MARIO CAVACO: Legal, seguiu a regra padrão da CBSUP.

SUPCLUB: Sobre as raias o que você achou do posicionamento e do formato?

MARIO CAVACO: Achei perfeito, nunca vi uma raia em provas de SUP ter sido colocada desta forma, parabéns aos organizadores.

MARCELO REBUA
CATEGORIA 12. AMADOR

960x640
Marcelo Rebua  Foto: Fabio Mota

 

SUPCLUB:  O que achou da organização do evento?

MARCELO REBUA: O evento vem se superando a cada ano, manteve a mesma preocupação com o bem estar dos atletas e tudo funcionou muito bem. 

SUPCLUB: E sobre o kit e premiação o que achou?

MARCELO REBUA: O diferencial no kit foi a entrega de uma garrafa d'água para ser usada no evento, evitando assim o consumo de copos plásticos.

SUPCLUB:  Sobre as raias o que achou do formato?

MARCELO REBUA: Esse ano teve o acréscimo de mais uma raia, permitindo a disputa em até 6 atletas. Embora alguns atletas tiveram uma dificuldade em se manter dentro da sua raia, o alinhamento estava perfeito.

 

ALINE ABAD
CATEGORIA 12.6 ELITE FEMININO

960x640
Aline Abad. Foto: Fabio Mota

 

SUPCLUB: O que achou da organização do evento?


ALINE ABAD:
Achei muito bem organizado o evento com uma Estrutura incrível para os atletas desde cadeiras, massagens e frutas.

SUPCLUB: E sobre o kit e premiação o que achou?

ALINE ABAD: O kit achei muito bom! Tinha uma camiseta de ótima qualidade, a garrafa para tomarmos água e não utilizar copos plásticos pensando tudo no meio ambiente, top demais.

SUPCLUB:  Sobre as raias o que achou do formato?

ALINE ABAD: Achei as raias ótimas, visibilidade boa apesar de um número grande de atletas terem invadido as raias de outros atletas. Elas estavam perfeitas!

MOAH JESSIKA
CATEGORIA 12.6 ELITE FEMININO

960x640
Moah Jessika Foto: Fabio Mota

 

SUPCLUB: O que achou da organização do evento?


MOAH JESSIKA:
O Rodrigo Terra nunca deixa a desejar! Já conhecido pelos atletas de Sup por organizar provas do Circuito Brasileiro há 6 anos na região, mais uma vez mostrou a excelência na realização dos seus eventos. 

Excelente estrutura, preocupação com cada detalhe, frutas, suplementos, hidratação, área coberta e espaçosa para os atletas e equipamentos, massagem e o necessário para segurança e emergência. Uma raia de prova muito bem montada, cada detalhe muito bem pensado, tínhamos até um garoto em cada raia segurando as pranchas para facilitar na hora da largada. Mais uma vez saio de Campo Grande feliz da Cbsup possuir parceiros como ele realizando uma etapa do circuito com tamanha qualidade.

SUPCLUB: E sobre o kit e premiação o que achou

MOAH JESSIKA: O kit montado com a idéia de gerar menos lixo merece nota 10. Composto por sacola retornável e garrafinha p tomarmos água nos galões existente no evento evitando os descartáveis. Camisa e boné de boa qualidade e ainda brindes dos patrocinadores. 

A premiação com certeza a melhor do ano.

SUPCLUB:  Sobre as raias o que achou do formato?

MOAH JESSIKA:  Bem melhor que no ano anterior. Dessa vez tivemos algumas alterações em relação ao ano passado, além da perfeição no alinhamento das bóias, elas estavam pintadas e demarcadas a cada 25 metros. A raia sofreu uma leve inclinação para aproveitar uma pequena corrente existente no lago e não haviam cordas passando entre as bóias, fator que gerou pontos positivos e negativos. Evitou atletas enganchados nas raias, mas infelizmente facilitou a invasão delas. Acredito que tudo serve de experiência para aprimorar cada vez mais, tenho certeza que esses detalhes não foram suficientes para tirar o brilho do evento que em sua maior parte foi de pontos positivos.

LENA GUIMARÃES
CATEGORIA 12.6 ELITE FEMININO

960x640
Lena Guimarães Foto: Fabio Mota

 

SUPCLUB: O que achou da organização do evento?

 

LENA GUIMARÃES: As etapas de Campo Grande são sempre muito bem organizadas. Os organizadores se preocupam muito em fazer tudo de melhor. Um exemplo disso é que vários pontos que sugerimos melhorar ano passado foram atendidos este ano.

Entretanto, o sprint é uma prova mais complicada de se realizar e precisamos ter alguns ajustes para as próximas. Mas acho que estamos em um ótimo nível dentro do cenário mundial.

SUPCLUB: E sobre o kit e premiação o que achou

LENA GUIMARÃES: Muito bem elaborado, gostei bastante.

SUPCLUB:  Sobre as raias o que achou do formato?

LENA GUIMARÃES:
As raias foram muito bem instaladas, bem melhor que no ano anterior.

960x640
Lino Barbosa Foto: Fabio Mota

 

LINO BARBOSA

CATEGORIA 12.6 ELITE MASTER

SUPCLUB:
O que achou da organização do evento?

LINO BARBOSA: Estava bem organizado, local para os equipamentos. A área dos atletas, hidratação suplementação e frutas. 

SUPCLUB: E sobre o kit e premiação o que achou?

Premiação foi excelente atendeu as exigências da CBSUP.

SUPCLUB:Sobre as raias o que achou do formato?

LINO BARBOSA: Formato das raias bem elaborado foi tudo pensado para não prejudicar os atletas.

LUCAS COSTA
CATEGORIA 14 PÉS PROFISSIONAL

960x640
Lucas Costa Foto: Fabio Mota

 

SUPCLUB: O que achou da organização do evento?

 

LUCAS COSTA: Fico muito feliz quando vejo pessoas empenhadas em promover o esporte a tão alto nível, e toda organização dos jogos radicais urbanos estão de parabéns por mais um belo evento. Sempre tem algo a melhorar, mas nesse evento o que faltou foi mais controle e organização por parte da própria confederação, a organização do evento não tem nada a ver com isso e cumpriu com seus deveres.

SUPCLUB: O que achou do Kit e da premiação?

LUCAS COSTA: A premiação foi a mais alta do circuito, isso valoriza ainda mais o evento e os atletas, e o kit sem dúvidas é um diferencial, bem completo e pensando muito no competidor, eles não pouparam esforço em oferece um excelente serviço a quem participou do evento.

 

SUPCLUB: Sobre as raias o que achou do formato?

LUCAS COSTA: Em relação ao ano passado tivemos evoluções em relação a organização da largada, principalmente com os mergulhadores fazendo toda a preparação e posicionamento dos atletas nas baterias. Mas também não tivemos as cordas nas raias para delimitar o limite de cada atleta dentro da sua raia e isso dificultou o controle. Tivemos muitos erros e atletas invadindo a raia de outros atletas e não houve punição por parte da confederação, fico chateado pois quem perde com isso é o próprio esporte. A confederação precisa ser mais firme nas decisões se querem que o esporte continue evoluindo

 

JOGOS RADICAIS URBANOS

Os Jogos Radicais Urbanos consolidam o esporte de aventura no Estado de Mato Grosso do Sul, recolocando Campo Grande no cenário nacional como polo ecológico para a prática do esporte radical urbano. Todos os atletas tiveram a disposição nos dias de evento, médicos, bombeiros, equipes de segurança e toda uma infraestrutura preparada para garantir conforto e tranquilidade aos participantes.

 

Até a próxima!!

 

Veja também
Por dentro do Tour

Por dentro do Tour

O mundo de olho nas Canárias

Panhandle Paddle Classic 2018

Panhandle Paddle Classic 2018

Brasil chega junto

Rei e Rainha do Mar 2018

Rei e Rainha do Mar 2018

Animal e Aline vencem em Ubatuba

Rip Curl Guarujá Open

Rip Curl Guarujá Open

Luiz Diniz vence em casa

Rei e Rainha do Mar

Rei e Rainha do Mar

Evento rola em Ubatuba

Rei de Búzios 2018

Rei de Búzios 2018

Vinni e Lena reinam em Búzios

Rip Curl Guarujá Open

Rip Curl Guarujá Open

Atletas dão show de surf

Rip Curl Guarujá Open

Rip Curl Guarujá Open

Circuito Guarujaense de SUP

Rei de Búzios 2018

Rei de Búzios 2018

Palavra do diretor técnico.

Paris SUP Open 2018

Paris SUP Open 2018

Quem serão os campeões?

Aloha Spirit 2019

Aloha Spirit 2019

Calendário confirmado

Peru é palco do Pan

Peru é palco do Pan

Pan-Americano de SUP 2018

Red Bull Heavy Water 2018

Red Bull Heavy Water 2018

Evento cancelado

Brazilian SUP Storm

Brazilian SUP Storm

Brasil domina ranking APP 2018

South to South de SUP Vicentino

South to South de SUP Vicentino

Léo Gimenes imbatível em Itararé

Red Bull Heavy Water 2018

Red Bull Heavy Water 2018

Pontos valiosos em Ocean Beach