MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Mercado
Aloha Spirit Festival patrocinará Lena Guimarães e Luiz Guida em 2018
Por Redação SupClub em 28/01/18
Maior evento de esportes aquáticos da América Latina inova e fecha patrocínio com atletas de destaque no cenário nacional dos water sports. Saiba mais.
960x638
Lena Guimarães em ação. Foto: Peu Fernandes.

 

Aloha Spirit Festival, o maior evento de esportes aquáticos da América Latina, integrou mais um nome de peso a seu time de atletas. 

 

Desta vez é ninguém menos que Lena Guimarães, atual campeã brasileira de Stand Up Paddle e a nossa melhor atleta na atualidade em provas internacionais, que fará dupla com o já anunciado Luiz Carlos Guida “Animal”, tetracampeão brasileio de SUP race e atualmente ocupando a vice-liderança do ranking nacional.

 

Além da modalidade SUP, Lena remou por algum tempo na equipe “Mana”, da cidade de Cabo Frio (RJ), atual campeã brasileira e Sul Americana de va'a.

 

756x1008
João Castro (Ecooutdoor/ Aloha Spirit) e Lena Guimarães. Foto: Reprodução.

Em 2018, Lena já tinha como objetivo, ser mais uma vez campeã do o Aloha Spirit, evento que na opinião da atleta é o campeonato que entrega para ela e para seus patrocinadores o maior retorno: “Pela magnitude do evento, número e qualidade técnica dos competidores, pela exposição que os atletas recebem e principalmente por já ser um campeonato conhecido em outros países”, conta Lena.

 

Lena chegou a citar que o dono do maior portal especializado em SUP race do mundo, o "Sup Racer", em um bate papo durante uma das provas internacionais em que ela participou, disse já conhecer bem o Aloha Spirit e seu tamanho.

 

João Castro que é o idealizador do Aloha Spirit Festival, evento pioneiro no formato incluir em um mesmo festival várias modalidades aquáticas, modelo este hoje seguido por muitos outros organizadores, nos explicou algumas coisas interessantes sobre esta nova experiência de patrocinar atletas: “Em primeiro lugar o que eu estou fazendo é tentar ajudar aquilo que já fui, um atleta, e sei o quanto se gasta e se rala para tentar obter patrocínios", revelou.

 

"Eu torço para que sejamos também neste sentido, copiados por outros organizadores. O Aloha Spirit ao longo dos seus dez anos, tomou muita decisão arriscada, errou, acertou, passou por grande dificuldades, imprevistos, descumprimentos e hoje tem um modelo de evento pronto, forte, fórmula de sucesso que é até exageradamente seguido por alguns, mas tomara que sejamos também seguidos de perto neste ponto de patrocinair atletas", brinca o pioneiro.

 

A seguir, um bate papo rápido com João Castro sobre a nova proposta do Aloha em patrocinar atletas. Confira: 

 

Porque a Lena e o Luiz Guida “Animal” e porque só atletas do Stand Up Paddle?

 

Na verdade a escolha foi por atletas que não são só do SUP, ambos são também da Canoa Havaiana, mas principalmente por começarem a inspirar-se por outras modalidades dentro do festival. São atletas com o espírito do evento e não tem obrigação alguma com o pódio ou com boas colocações no Brasileiro por exemplo. O “Animal” se tornou nome certo depois de ter ido participar da etapa Salvador 2017,mesmo sabendo que a premiação em dinheiro seria dada a um atleta que estava passando por um momento grave de saúde. Isso fez com que a minha admiração por ele fosse ainda maior.

 

1000x1143
Luiz Guida "Animal" também integra o time de atletas que em 2018 passam a ser patrocinados pelo Aloha Spirit Festvial. Foto: Paulo Bareta.

Outro motivo foi a fidelidade que estes dois grandes atletas tiveram ao longo dos dez anos com o Aloha Spirit. Estiveram presentes em quase todas as edições, entenderam que não só uma premiação em dinheiro ou seu valor, são importantes para um atleta profissional, e que no caso do Aloha Spirit, o cuidado com estrutura, presença da mídia, alcance que o evento dá aos nomes vencedores de cada etapa durante o ano, traz um retorno muito maior do que aquele imediato. Entender isso, gostar do evento, orgulhar-se do título Aloha Spirit, foi o começo, a primeira peneira.

 

O que estes atletas receberão como patrocinados do Aloha Spirit?

 

Posso dizer não será pouco. O máximo que posso afirmar é que em um ano, estes competidores conseguirão fazer uma bela economia nas provas em que participarão, com a possibilidade de algumas internacionais também.

 

Sempre serão eles ou o Aloha poderá mudar a cada ano?

 

O meu desejo é fazer o time crescer. Vamos ainda este ano buscar atletas da Natação em águas abertas e do Va’a / Canoa Havaiana, que são neste momento os 3 pilares mais fortes do Aloha Spirit, mas há também a possibilidade de buscarmos atletas do Surfski, Paddleboard, Apneia e etc, mas sempre dentro de uma proporção daquilo que o segmento representa percentualmente dentro do Aloha Spirit... Vamos ver.

 

O meu desejo é ter um "Aloha Spirit Team" e para isso vamos também buscar empresas para ajudar neste projeto. Quanto maior o investimento obtido, maior ou mais completa será a equipe, o time.

 

Lena e Guida, disputarão em 2018 o campeonato Brasileiro, campeonato Aloha Spirit, Campeonato de Downwind Triplice Coroa entre outras provas nacionais e internacionais.

Veja também
Sup Dicas

Sup Dicas

Qual tamanho ideal do Remo?

Mercado

Mercado

Bruno Torquato renova com a Xerife

Mercado

Mercado

SUP Tour pela baia da Ilha Grande

Mercado

Mercado

Kai Lenny deixa a Naish

Mercado

Mercado

Jonas Letieri conta sua história em livro

Mercado

Mercado

Guilherme Cunha fecha com a SIC internacional

Diversão em família

Diversão em família

Remada lúdica

Mercado

Mercado

Wolv lança o primeiro SUP assimétrico do Brasil

Mercado

Mercado

Xerife investe nas parcerias

Mercado

Mercado

Sunset Transboards mostra fôlego

Mercado

Mercado

Américo e Lena juntam-se à Mistral

Mercado

Mercado

Xerife Stand Up fecha parceria com Equipe Babi Brazil

Mercado

Mercado

Guia Natal / Verão 2017

Mercado

Mercado

Mais segurança e liberdade nas remadas

Mercado

Mercado

Soul Web Mag lança edição especial