MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Mercado
Wolv lança o primeiro SUP assimétrico do Brasil
Por Redação SupClub em 15/03/17
Criado pelo shaper Andre Torelly, o SUP tem impressionado tanto por suas linhas originais, quanto pela funcionalidade. Saiba mais.
480x360
O sucesso das "Carbon Model" inspirou Andre Torelly a mergulhar ainda mais nas pesquisas para desenvolver o primeiro SUP assimétrico do Brasil (e possivelmente do mundo). Foto: Reprodução.

 

Wolv lança o primeiro SUP assimétrico do Brasil (e possívelmente do mundo)

Criado pelo shaper Andre Torelly, o SUP tem impressionado tanto por suas linhas originais, quanto pela funcionalidade. Saiba mais.

 

Andre Torelly, shaper e design da Wolv Sup, vem desenvolvendo pranchas que tem chamado a atenção do público em geral pela originalidade de suas criações. Modelos que fogem do senso comum, mas que tem atraido cada vez mais a atenção do mercado pela peculiaridade de outlines que podem considerados “malucos” à primeira vista, mas que na verdade apresentam muita inovação e conceitos refinados de hidrodinâmica.

 

480x360
A assimetria da prancha proporciona a possibilidade de se atacar de duas maneiras diferentes cada lado da onda. Foto: Reprodução.

Atenado com as tendências e novidades do mercado global de pranchas, Torelly tem investido nessas vertentes e aplicado esses conceitos de maneira pioneira no Brasil. O maior exemplo disso á a série “Torelly's Carbon”, uma linha de pranchas de stand up sem bico e com um fundo único de canaleta, deixando a prancha muito rápida e estável, e que tem recebido muitas encomendas por todo Brasil e Uruguai.Agora a Wolv ousou ainda mais e acaba de lançar o primeiro SUP assimétrico do mundo.

 

“Quem olha à primeira vista vista pensa que é  uma loucura, com dois lados diferentes, duas quilhas de um lado e uma do outro”, comenta André Torelly sobre sua criação.

 

O modelo, no entanto, recebeu um feedback muito positivo em seus primeiros testes: “Quem experimenta o SUP assimétrico fica impressionado com a projeção e com a possibilidade de atacar de duas maneiras diferentes cada lado da onda, tanto de back quanto de front”, competa Torelly.

 

960x720
A distribuição das quilhas também está integrada aos conceitos da assimetria. Foto: Reprodução.

Modelo desenvolvido pelo shaper e designer de pranchas Andre Torelly. O que é Prancha Assimétrica? Basicamente, uma prancha Assimétrica recebe esse nome porque apersenta um lado ser diferente do outro. Nos últimos anos é cada vez mais comum encontrar surfistas de pranchinha usando esses modelos em picos da Califórnia, Austrália e África do Sul, no Brasil, elas ainda são raras e, no caso da aplicação desse conceito em pranchas de SUP Wave, pelo menos até o momento, não se tem notícia.

 

Agora a Wolv é a primeira empresa do Brasil – e possívelmente do mundo – a investir na fabricação do SUP assimétrico. O modelo de lançamento apresenta uma quilha maior (mais larga) de um lado e duas menores (mais finas) no outro lado, a combinação da quilha maior com a rabeta maior deixa essa prancha excelente nas viradas, (tanto para direita, quanto para esquerda) a rabeta maior acaba fazendo a função da segunda quilha, deixando bem segura nas cavadas.

 

Normalmente esses modelos são para surfar para um lado somente, esse modelo em especial teve uma ótima resposta para as duas direções. O lado “round” facilitando as manobras mais redondas de linha como cutback e rasgadas, enquanto o lado mais pontudo “squash” responde muito bem às manobras mais agressivas, cavando com mais pressão e facilitando batidas na face na onda. O bico cortado deixa o Sup mais compacto, com a mesma proposta das Torellys Carbon, porém a curva encaixa perfeitamente nas manobras de viradas.

 

“Essa é uma prancha super divertida, afinal ‘diversão’ é o maior objeto do SUP. Busco sempre sair do convencional em busca da evolução nos shapes, acredito que existe muita coisa nova para criar e o público tem respondido muito bem. E esse know how que tenho adquirido ao longo dos anos ajuda muito a perceber pequenos detalhes de outline que fazem muita diferença na hora de produzir uma prancha convencional. O maior exemplo disso é o nosso modelo Fun Race competição, que em 2016 conquistou os titulos Brasileiro e Gaúcho na categoria”, finaliza Andre Torelly.

 

Para saber mais sobre o SUP Assimétrico e os demais modelos da Wolv Sup entre em contato com o Shaper pelo email wolvsup@gmail.com ou visite o site wolvsup.com.br.

 

Veja também
Sup Dicas

Sup Dicas

Qual tamanho ideal do Remo?

Mercado

Mercado

Aloha Spirit Festival patrocinará Lena Guimarães e Luiz Guida em 2018

Mercado

Mercado

Bruno Torquato renova com a Xerife

Mercado

Mercado

SUP Tour pela baia da Ilha Grande

Mercado

Mercado

Kai Lenny deixa a Naish

Mercado

Mercado

Jonas Letieri conta sua história em livro

Mercado

Mercado

Guilherme Cunha fecha com a SIC internacional

Diversão em família

Diversão em família

Remada lúdica

Mercado

Mercado

Xerife investe nas parcerias

Mercado

Mercado

Sunset Transboards mostra fôlego

Mercado

Mercado

Américo e Lena juntam-se à Mistral

Mercado

Mercado

Xerife Stand Up fecha parceria com Equipe Babi Brazil

Mercado

Mercado

Guia Natal / Verão 2017

Mercado

Mercado

Mais segurança e liberdade nas remadas

Mercado

Mercado

Soul Web Mag lança edição especial