MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Perfil
Perfil – Tristan Boxford
Por Redação SupClub em 10/02/17
Conheça a história de Tristan Boxford, o homem por trás do novo circuito mundial de SUP, e suas expectativas para o APP World Tour.
1280x854
Tristan Boxford mostra que também entende de SUP Wave na prática. Foto: Arquivo pessoal.

 

Tristan Boxford é um homem em uma missão. Ex-atleta profissional de windsurfe, este britânico radicado no Havaí está focado no crescimento global do stand up paddle e está certo de que este esporte chegará a um novo patamar com a recém-criada “Association of Paddlesurf Professionals” (APP).

 

A APP, operando sob a égide da Waterman League, é uma progressão natural dos dois tradicionais circuitos mundiais: o Stand Up World Tour (SUP Wave) e o Stand Up World Series (SUP Race), que agora se fundem formando o APP World Tour.

 

Tristan cresceu praticando esportes como a vela e a natação em sua terra natal, Inglaterra, antes de ingressar no windsurfe: "Comecei a velejar quando tinha 4 anos e sempre adorei nadar, então o windsurfe foi um caminho natural para mim", recorda.

 

Boxford passou a maior parte dos anos 90 e início dos anos 2000 viajando pelo mundo competindo no World Windsurfing Tour e conquistando os títulos de campeão britânico e europeu.

 

No entanto, ele sentia vontade de ir além: "Uma das coisas que me frustrou", revela, "Foi a maneira pela qual o windsurfe era retratado na mídia. Eu queria fazer algo sobre isso, então executei alguns outros projetos paralelos à concorrência."

 

3504x2336
Tristan foi competidor profissional de Windsurfe por muitos anos. Nesta foto, em Jaws, ele mostra que mesmo sem competir há anos, ainda segue em boa forma. Foto: Arquivo pessoal.

 

Tristan trabalhou em projetos para canais de mídia, incluindo MTV Europa e Transworld, e escreveu artigos para revistas de outros segmentos como a GQ Magazione. Ele lançou o ambicioso "Ocean Games" (essencialmente um X Games para esportes aquáticos) em Maui, em 2007, e produzido para a rede de Tv NBC.

 

Com sua nova experiência no mundo do entretenimento esportivo, e estabelecido em sua nova casa, em Maui, Tristan mudou seu foco de competidor para empresário: "Estava interessado em fugir em turnês para lugares congelantes como a ilha de Sylt, no Mar do Norte!", Ele ri. Este novo foco e experiência da indústria formaram as bases do que se tornaria a Waterman League.

 

Impulsionado por sua visão de unir toda a família de esportes oceânicos, Tristan procurou a coisa em torno da qual poderia forjar sua nova organização e a resposta veio através do stand up paddle: "Uma lâmpada explodiu em minha cabeça. Surfistas e windsurfistas estavam fazendo isso, kayakers e longboarders estavam fazendo isso. O SUP era um esporte que parecia abraçar todos os outros.”, comenta.

 

Ele recorda passar a maior parte de seus primeiros dias com a Waterman League educando as pessoas sobre o que o SUP era. "Nós não sabíamos o quão popular o esporte ia ser", diz ele. "Tivemos então a ideia de criar algo para mudar completamente a percepção que as pessoas tinham desse esporte chamando a atenção de todos”.

 

A Waterman League anunciou então uma competição nas perigosas ondas de Teahupo'o, no Taiti, algo inimaginável naquela época. Um grupo seleto de watermen aceitou o desafio e a competição teve uma repercussão muito positiva. "Os caras completaram tubos incríveis", lembra Tristan. "Isso levou ao lançamento do Stand Up World Tour, em 2010, e fomos crescendo desde então."

 

Em 2012, a Waterman League adicionou o SUP race ao circuito mundial. Isso abriu muitas portas para Tristan, que viu o potencial de se levar a competição para novos territórios, como poderá ser visto pelo APP World Tour deste ano, que realizará eventos em lugares como Nova York, Tóquio e São Francisco. "O apelo irresistível do SUP é que esta é uma forma de surfe que pode ser feita literalmente em qualquer lugar onde exista um corpo d’água”, diz ele. "Eu penso nisso como uma forma de levar a cultura do surfe para qualquer cidade.”

 

3960x2640
Entrevistando Zane Schweitzer durante uma das etapas do Stand Up World Series. Foto: Reprodução.

 

Nossos últimos anos, o aumento na popularidade do stand up paddle tem sido ajudado também pela ascensão de atletas como Kai Lenny, Izzi Gomez e Caio Vaz, estrelas do esporte que refletem com sucesso esse espírito de integração com o oceano, saúde e bem-estar. "Há uma ênfase real nos benefícios para a saúde ganhos com a prática do SUP”, acrescenta Tristan. "O stand up paddle também complementa outras atividades como yoga, mostrando uma face muito versátil. Para atletas de alto rendimento, pode ser praticado em níveis realmente desafiadores, mas, na outra extremidade, é totalmente acessível a quem nunca se aventurou a praticar um esporte de água. Não há barreiras para iniciantes”.

 

Ele continua sua linha de raciocínio: “O stand up paddle tem o potencial de preencher a lacuna entre o envolvimento em massa comum a esportes tradicionais e o fascínio irresistível de esportes que apresentam um estilo de vida”, sentencia.

 

O CEO, no entanto, revela que as raízes do esporte serão mantidas: "Teremos o cuidado de não esquecer nosso público-alvo e a integridade que eles nos dão", diz, "mas estamos muito animados em colocar o APP World Tour à frente de novos e maiores mercados. Em poucos anos, acredito que iremos ver milhares de pessoas na largada de uma prova”, finaliza.

 

Levar o circuito mundial a um novo patamar tem sido uma dura tarefa para Tristan e sua equipe. Como todos os novos esportes aquáticos, stand up paddle se desenvolveu à sombra do surfe tradicional. Mas agora, com a chegada de novos patrocinadores e a promessa de grandes investimentos para o APP World Tour, o circuito mundial parece estar finalmente pronto para dar um passo adiante sair e garantir seu lugar ao sol. 

 

As disputas do Sunset Beach Pro podem abrem a janela de espera a partir de sábado, 11/02, e podem ser acompanhadas ao vivo no SupClub - Clique AQUI.

 

Veja também
Perfil SUP Race

Perfil SUP Race

Ela é Bárbara!

Perfil SUP Race

Perfil SUP Race

O 'Animal' está de volta

Alzair Russo

Alzair Russo

A vida entre pranchas e treinos

Perfil

Perfil

Kauan Terra agradece 2016

Atletas

Atletas

SUP Perfil – Eri Tenório

Perfil

Perfil

Kauan Terra

Kauan Terra

Kauan Terra

Promessa do SUP Wave brasileiro fecha novo patrocínio

SUP Perfil

SUP Perfil

Perfil Bruno Torquato

SupClub

SupClub

Foco no Tour mundial

SupClub

SupClub

Promessa de Balneário Camboriú

SupClub

SupClub

Candinho Bisneto quer apresentar o SUP às famílias

SupClub

SupClub

Lembranças da Batalha dos Remos

SupClub

SupClub

Perfil: Marcio Almeida "Grillo"

SupClub

SupClub

Perfil Lena Ribeiro - Evolução no SUP Race

supclub

supclub

Mo Freitas faz um balanço de 2012