MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Canal dos Ossos
Brazucas dão relato.
Por Alex Araujo em 31/07/18
Fabinho Valongo e Vini Martins nos enviam um relato de tudo que viram e viveram durante a travessia do M2O.
1280x960
M2O 2018 Foto: Divulgação.

 

Nosso informante direto do canal dos osssos, Fabinho Valongo e o líder do Circuito Brasileiro Vinicius Martins nos enviaram um relato de tudo que viram e viveream durante a travessia do evento mais casca grossa do planeta!

Como estava a condição do downwind este ano?

A condição estava boa muito vento muita onda, mesmo o vento estando bem lateral deu para surfar bastante. No meio da prova a correnteza ficou contra o que dificultou bastante a performance.

O que mais lhe chamou atenção neste percurso?

O que me chamou muito atenção foi a navegação, pois você não vê a ilha, então tem que ter uma boa navegação , na outra vez fiz em dupla a prova e não me liguei muito nestes detalhes, mas fazendo solo a realidade é outra e com os toques que o Vini me deu consegui me achar bem durante a travessia, pois mesmo com o barco você tem que ter em mente alguns pontos de referência.

1280x960
Fabinho cruzando o canal M2O 2018 Foto: Divulgação.

 

Como foi seu apoio e qual foi sua estratégia para aguentar esta maratona?

Minha estratégia foi levar dois camelbacks, e deixei outro no barco para fazer a troca na metade da prova. A minha estratégia de alimentação e hidratação já venho fazendo a bastante tempo. Basicamente foi somente dosar a hidratação e seguir o planejamento.

Para aguentar a maratona, fiquei muito focado e acreditei que era possível, mesmo vendo outros competidores seguindo outra linha, segui minha intuição e acreditei no meu potencial.

960x1280
Foco e dedicação M2O 2018 Foto: Divulgação.

 

Qual foi o pior trecho do percurso?

O pior trecho foi com 25km, eu vinha surfando bem os bumps e tive uma cãimbra na coxa e com isso tive que trabalhar muito o pisicológico para não perder a performace.Neste momento foquei na remada e passei a surfar um pouco menos para que a dor não me atrapalhasse, mas graças a deus depois de um tempo a dor aliviou, e passei a surfar tranquilo, um pouco menos agressivo que antes, mas sem me prejudicar.

681x908
Fabinho no pódio M2O 2018 Foto: Divulgação.

 

Como você avalia sua segunda colocação na stock 40+?

Quando cheguei  faltando 6 km, já tinham 6 horas e meia de prova, achei que tivesse perdido o pódio, mas meu objetivo de ter terminado este desafio já estava completo. Mais tarde olhando os resultados vi que tiha ficando em segundo lugar, foi alucinante, pois sei que foi difícil para mim como para todos e este resultado atesta mais ainda todo meu sacríficio para completar a prova.

596x397
Vini Martins, M2O 2018 Foto: Divulgação.

 

Já o atual líder do circuito Brasileiro Viniciius Martins terminou a prova na 10ª colocação geral e em segundo na categoria 14 pés.

Vini como foi ser líder da prova até poucos quilômetros do final?

Pois é, vinha liderando a prova quase toda, mas faltando alguns quilômetros, quebrei e o cansaço me atrapalhou bastante, acabei perdendo a primeira colocação, mas foi por muito pouco.

Porque este ano decidiu competir na categoria 14 pés?

Fiz a prova de 14 por um pedido de meu patrocinador, mas com certeza a prova com uma prancha com leme é outra realidade você sofre muito menos.

960x1280
Vincius no pódio, M2O Foto: Divulgação.

 

Faça um resumo de sua participação na prova este ano?

Saio daqui amarradão com o resultado, embora este ano devido a forte corrente contra ter atrapalhado bastante o segundo trecho do percurso. Do mais ganhei mais um ano de experiência no canal e isso é que vale, próximo ano tem mais.

1280x962
Resenha da gaerla pós prova, M2O 2018 Foto: Divulgação.

 

Fabinho conta com o apoio da SGA Toyota, Voga , Puro Suco, Emporio Verde, Itaipu Surf Hoe.

Aloha!!

Veja também
SUP no Surf Ranch

SUP no Surf Ranch

Kai Lenny abre a session

APP World Tour

APP World Tour

Inclusão é destaque

Memórias de um swell

Memórias de um swell

Hawaii é aqui

Natal Sup Guide

Natal Sup Guide

Pérola do Nordeste

Rei e Rainha do Mar

Rei e Rainha do Mar

Compromisso com o SUP

Natureza renovada

Natureza renovada

Da Lama às ondas!

Young Guns #2

Young Guns #2

De Itacaré para o mundo!

Conexão México

Conexão México

Takeo no "Mexican Pipe"

Rema forte

Rema forte

Paddleboard cresce no Brasil

Projeto Remar

Projeto Remar

SUP Inclusão

Conexão Hawaii

Conexão Hawaii

12 temporadas na conta

Sup Guide - México

Sup Guide - México

Ondas pesadas e Perfeitas

Young Guns

Young Guns

Nova geração do SUP

Expedição Tapajós 2018

Expedição Tapajós 2018

Desbravando o Rio Amazonas

CBVAA Anuncia curso

CBVAA Anuncia curso

Formação de Árbitro de Va’a

SUP Sustentabilidade

SUP Sustentabilidade

ONG Trash Hero Bangkok