MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Rei e Rainha do Mar
Compromisso com o SUP
Por Alex Araujo em 15/08/18
Rei e Rainha do Mar nasceu em 2008, a partir do Desafio do Leme ao Pontal.
1080x1078
Alex Araújo na largada do Rei e Rainha do Mar 2012. Foto: Divulgação

 

Em 2012 tive a oportunidade de competir na primeira edição do Circuito Rei e Rainha do Mar, que rolou na praia de Copacabana. Na época o evento foi válido pela primeira etapa do Circuito Brasileiro de SUP, e desde aquela época o Circuito não parou de crescer e se tornou referência no SUP brasileiro.

Bati um papo com a organização para entender a importância do SUP no evento e a visão sobre o crescimento do esporte no Brasil.

Confira a matéria:

Desde quando o Rei e Rainha do Mar introduziu o sup na competição?

O Rei e Rainha do Mar nasceu em 2008, a partir do Desafio do Leme ao Pontal. O Desafio foi um sucesso e no ano seguinte lançamos o Rei do Mar para atletas profissionais e amadaores. A adesão dos fãs de natação em águas abertas foi tanto que em 2010 recebemos também as “rainhas” do mar.

Em 2012, entraram para o Circuito duas novas provas: Beach Run e a SUP Race, a partir daí o Rei e Rainha do Mar é coroado como o maior festival de esportes de praia do Brasil, status consolidado em 2013, quando mais de 10 mil atletas participaram do evento.

1107x834
Rei e Rainha do Mar. Foto: Divulgação

 

Qual as cidades que o evento já realizou competições, quais os locais que mais impressionou em participantes e divulgação?

 

O Circuito já passou pelas cidades do Rio de Janeiro, Ubatuba, Salvador, Fortaleza, Florianópolis e Brasília.

Todas as etapas nos impressionaram de uma forma diferente. As nossas etapas mais tradicionais são as do Rio, onde já temos um público que espera ansiosamente, nos impressionando com o número de participantes.

Em Fortaleza e Salvador tivemos uma receptividade muito marcante. O evento contou com muita alegria, atletas e são lugares que sempre nos pedem para voltar. A etapa de Ubatuba teve um cenário paradisíaco e com talvez a maior prova fora do Rio em termos de participantes. Em Brasília, a etapa foi especial por ser a nossa estreia no lago e ficamos extremamente felizes com a adesão na 1ª vez que entramos na cidade. E Florianópolis, além de ser uma cidade linda, é a etapa fora do Rio que mais atrás remadores de SUP e é por essas e outras que amamos o local.

1600x1066
Rei e Rainha do Mar. Foto: Divulgação

 

Fale um pouco sobre o compromisso do evento com o esporte:

 

Nós somos um festival de esportes de praia, por isso sempre fez sentido incluir o SUP. Admiramos o compromisso e a relação dos remadores com o mar. O esperte e os atletas representam e carregam em si os valores e o estilo de vida que vivemos. Sentimos orgulho quando escutamos que o RRM é uma prova “obrigatória” para quem quer evoluir no esporte. Trabalhamos para seguir tendo essa representatividade no mundo do SUP. Em SSA por exemplo, fizemos a parceria com a federação e a etapa contará como etapa do Campeonato Baiano. Dessa forma, trabalhamos junto das federações para seguir apoiando e difundindo esse esporte e os atletas.

As  inscrições para a etapa em terras baianas já estão abertas, clique aqui!

Veja também
Brazilian SUP Storm

Brazilian SUP Storm

Outiside Movimentado

Mordida de tubarão

Mordida de tubarão

Incidente em Noronha

Sup Brasileiro de Luto

Sup Brasileiro de Luto

Gilson Alecrim

Briga continua

Briga continua

CBSurf anuncia suspensão

Nicarágua

Nicarágua

Escola de tubos

Gênio das previsões

Gênio das previsões

Walter Munk deixa seu legado

Planeta em choque

Planeta em choque

Navegação prejudicada

Hawaii 1.6

Hawaii 1.6

Ganhando experiência

Coreia do Surf

Coreia do Surf

Wavegarden vai à Ásia

Daniel Ferlin

Daniel Ferlin

Sonho Havaiano

Tecnologia em alta

Tecnologia em alta

Quilhas High-Tech

Litígio na CBSurf

Litígio na CBSurf

Reviravolta no Nordeste

Ceará

Ceará

Swell de SUP

Volta 360°

Volta 360°

118 km em 4 dias

Honolua Blomfield

Honolua Blomfield

Elegante e sofisticada

Made in China

Made in China

Mistério Oriental