MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Sexo frágil?
Lena chega junto!
Por Alex Araujo em 25/10/18
Atleta foi a grande campeã da categoria SUP Stock da Tríplice Coroa 2018.
1280x856
Lena Ribeiro Foto: Cine Brothers

 

A tricampeã Brasileira de SUP Lena Ribeiro foi um dos destaques da Tríplice Coroa 2018, sendo a única competidora na categoria feminino, a atleta se colocou nas disputas contra os homens e foi campeã geral em todas as provas que participou, chegando na frente mesmo de atletas da categoria Unlimited, só perdendo para o Santista Marinho Cavaco.

Em conversa com o SupClub, Lena comentou sobre sua vitória e sobre a sua participação nas três provas.

Confira a matéria:

 

SUPCLUB: Lena o Ceará é considerado o Hawaii Brasileiro em condições de downwind, o que você achou destes dias no estado?

LENA RIBEIRO: Realmente o downwind aqui é muito bom. Vento forte e ondulações alinhadas. No percurso de 30km de Mucuripe à Cumbuco você surfa do começo ao fim, só para quando encalha na areia.

1280x856
Lena Ribeiro Foto: Cine Brothers

 

SUPCLUB:  Você foi a grande campeã Sup Stock geral, pois em todas as provas você foi a primeira chegar, comente um pouco sobre esta performance?

 

LENA RIBEIRO: Como não havia outras mulheres no SUP me coloquei competindo com os homens. É sempre bom ter referências na competição, senão nos acomodamos. Acabei ganhando as 3 provas no geral na 14’ e contando a Unlimited apenas o Cavaco chegou na minha frente.

SUPCLUB: Você vem de uma região que também tem uma condição boa de downwind, este foi o seu diferencial na prova?

LENA RIBEIRO: Com certeza ter downwind onde moro facilita, mas não é um treino que eu faça com muita frequência pois demanda mais tempo e requer uma logística mais complicada. Gostaria de treinar mais, pois com certeza ainda tenho muito a evoluir.

SUPCLUB: O que achou do evento?

LENA RIBEIRO: O evento foi incrível, além das condições perfeitas para o downwind a convivência de todos durante esses dias é uma experiência maravilhosa.

1280x856
Lena Ribeiro Foto: Cine Brothers

 

 

SUPCLUB: Deixe um recado para as remadoras que tem vontade, mas as vezes por falta de coragem ou estímulo não participam deste tipo de prova:

LENA RIBEIRO: Na minha opinião, quem rema não pode deixar de ter uma vivência no downwind. Além de divertido é onde mais nos conectamos com o mar, é uma experiência única.

Busque um bom professor e procure participar de eventos específicos de downwind.

Certeza que não vai se arrepender.

Aloha!!

Veja também
Mar Egeu

Mar Egeu

Aegean Classics

Maverikcs

Maverikcs

Outro lado da fera

Cloudbreak

Cloudbreak

Keahi de Aboitiz

Jorge Vicente

Jorge Vicente

Shaper falece no Sul

Recife artificial

Recife artificial

Projeto avança em Maricá

Big SUP

Big SUP

Diversão em Makaha

Wipeout of the Year

Wipeout of the Year

Caio Vaz entra na disputa

Deep Blue

Deep Blue

Gigante cruza o Havaí

Litoral brasileiro

Litoral brasileiro

As ondas mais raras

Noah Pronk

Noah Pronk

Parafina ecológica

Tubarão Touro

Tubarão Touro

Animal é capturado

CBSurf

CBSurf

Briga pelo comando

Hawaii

Hawaii

SUP nas big waves

Litígio na CBSurf

Litígio na CBSurf

Atletas assinam manifesto

Cultura protegida

Cultura protegida

Bobo Gallagher

Tubarão branco

Tubarão branco

Ataque na Califórnia