MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Planeta em choque
Navegação prejudicada
Por Redação SupClub em 08/02/19
Norte magnético está se movendo e bagunçando sistemas de navegação
1200x600
Norte magnético está se movendo e bagunçando sistemas de navegação Foto: Divulgação.

 

O polo norte magnético da Terra está se movendo a uma velocidade alta demais. Cientistas publicaram esta semana uma atualização na localização do ponto um ano antes do previsto, tamanha a velocidade em que o polo está se movimentando. A questão é tão séria que estimativas feitas anteriormente para a navegação não são mais confiáveis.

 

O campo magnético da Terra, de acordo com as teorias mais aceitas, é gerado pelas correntes de convecção do ferro e do níquel derretidos que ficam na parte externa do núcleo da Terra. As posições dos polos não são fixas, mas o norte está se movendo a uma velocidade nunca antes vista.

Em 2000, o polo norte magnético se movia a 14,5 quilômetros por ano. Hoje, este movimento se dá a 54,7 quilômetros por ano. Em 1831, quando foi encontrado pela primeira vez, ele estava no Ártico canadense. Em 2017, ele já havia ultrapassado a Linha Internacional de Mudança de Data em direção à Sibéria.

Mesmo que seu celular tenha uma bússola, você provavelmente não será afetado ao usar seu aplicativo de navegação favorito, pois ele usa GPS, um sistema baseado em satélites. Aviões e embarcações usam o norte magnético como sistema reserva de navegação.

Já as forças armadas usam majoritariamente o modelo magnético, tanto para aeronaves quanto para saltos de paraquedas. A NASA, a Administração Federal de Aviação dos EUA e o Serviço Florestal dos EUA também usam bússolas em várias atividades. Nomes de pistas de aeroportos também se baseiam na posição relativa ao norte magnético. O aeroporto de Fairbanks, no Alasca (EUA), teve que mudar o nome de uma pista de 1L-19R para 2L-20R.

De acordo com o site Phys.org, o campo magnético da Terra também está ficando mais fraco, e físicos acreditam que os polos norte e sul se inverterão em breve — um processo que deve durar mil anos e que aconteceu pela última vez há cerca de 780 mil anos.

Um possível problema é que o campo magnético da Terra também nos protege de radiações espaciais — um enfraquecimento nele poderia afetar satélites, dispositivos eletrônicos e astronautas. Pássaros que usam o campo magnético para se guiarem também podem sofrer com a inversão.

Fonte: GIZMODO Brasil

Veja também
NOAA

NOAA

Previsão com mais precisão

SUP World

SUP World

Resgate na Ilha da Madeira

San Gallan

San Gallan

Direitas no deserto

North Shore de Oahu

North Shore de Oahu

Homenagem a Sunny

Wavegarden

Wavegarden

Praia da Grama – Piscina de alto padrão

SUP

SUP

Remo Livre

Atleta SUP Race

Atleta SUP Race

Atualização de cadastro

Leonardo Gimenes

Leonardo Gimenes

DNA no SUP Wave

Pacific SUP Challenge 2019

Pacific SUP Challenge 2019

Diário de bordo

Reef artificial

Reef artificial

Webber cria conceito

Laird Hamilton

Laird Hamilton

Sessão quilométrica

Pacific SUP Challenge 2019

Pacific SUP Challenge 2019

10 dias no Pacífico

Danilo Couto

Danilo Couto

Big rider movimenta Salvador

FGSUP

FGSUP

Desenvolvimento é o foco

Surfland

Surfland

Piscina é realidade

SUP World

SUP World

Zane Schweitzer