MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Sup Guide - México
Ondas pesadas e Perfeitas
Por Alex Araujo em 10/08/18
Com um dos litorais mais extensos e consistentes do planeta, o México tem muitas outras opções a oferecer além dos tubos de Puerto Escondido.
2048x1152
Sup Guide - México Foto: Divulgação.

 

Em algumas viagens que já fiz pelo mundo explorando as ondas para o surf, o México é um dos países que eu mas me impressionei com a potência e a força do mar quando chegal o swell.


Abaixo segue um Sup Guide dos principais picos.

Com um dos litorais mais extensos e consistentes do planeta, o México tem muitas outras opções a oferecer além dos tubos de Puerto Escondido e point breaks da Baja Califórnia. Na região central, entre povoados onde o tempo parece ter parado, quebram ondas capazes de satisfazer às mais exigentes fantasias.

NORTE AO CENTRO PACIFICO

PRINCIPAIS PICOS

Matachen Bay: Onda mais longa do mundo, esta direita quebra perfeita por mais de dois quilômetros com swells de sul. Próxima à cidade de San Blas, ao sul do porto de Mazatlan.

Santa Crua: Na outra extremidade da baía, point break com fundo de pedra e esquerdas tubulares em frente ao vilarejo de mesmo nome.

Punta Mita: Também conhecida como a Malibu mexicana, esta onda fica ao norte de Puerto Vallarta e impressiona pela qualidade.

Tixtla: Point de esquerda próximo à divisa dos estados de Colina e Michoacan. Ondas irretocáveis.

CENTRO AO SUL DO PACÍFICO

Vallarta está localizada na Baía das Bandeiras, região central do país. Tornou-se um grande centro turístico na década de 70. A cidade possui excelente infra estrutura e recebe milhares de turistas anualmente.As opções de surf próximo não são muitas, além disso as ondas quebram somente com swell de Norte, fato não muito comum nos meses de agosto/setembro.

1905x1080
Sup Guide - México Foto: Divulgação.

 

PRINCIPAIS PICOS:

 

Boca de Pascuales, é um "beach break semelhante a Puerto mas sem crowd".Após 8 h de estrada e mais 1h no circular da cidade, chegarão a Pascuales. Praia pouco desenvolvida, com apenas dois hotéis, um restaurante e algumas casas de americanos. . Tubos, manobras, vacas, olhar as ondas do quarto e pisar na areia ao sair dele

 

Ticla é um pequeno povoado indígena que recebeu ajuda governamental para crescer. Apenas 1 hora de Pascuales, hoje o turismo de surfistas já representa parte da economia local. As ondas quebram sobre uma bancada de pedras com swell de norte (direitas) e sul (esquerdas), ambas extremamente manobráveis e longas. As esquerdas também são protegidas pelas montanhas, assim o vento não entra e o surfe rola durante todo o dia.


1600x1135

Nexpa Sup Guide. - México Foto: Divulgação.

 

Nexpa é outro villlarejo a 4 horas fé Ticla e uma das melhores ondas do México. As acomodações não poderiam ser diferente e as cabanas em frente as ondas facilitam o cobfere para não perder os melhores momentos. As esquerdas de Nexpa são incríveis e a vilarejo mais ainda. È muito difícil querer ir embora, o lugar cativa qualquer amante das onda.

 

O surfe rola das 5:30 às 14:00 h, depois entrava o vento. Para os mais fissurados pode se surfar todo o dia, já que o vento não prejudica tanto e as ondas continuam bombando.

Barra de La Cruz, balneário localizado 2 horas ao sul de Puerto. Com swell acima de 8 pés La Cruz quebra. A onda é um expresso para a direita, com sessões manobráveis e tubulares se alternando. Além disso o pico é selvagem, sendo possível somente o camping.

1280x720
Alexandre Takeo, frequentador dos canudos mexicanos,Sup Guide. - México Foto: Divulgação.

 

Puerto Escondido

Praia de Zicatella, conhecida por todos como Puerto Escondido. É uma única praia, onde à direita de quem está olhando para o mar quebra uma direita, e do lado esquerdo, uma esquerda, formando uma espécie de canal entre as duas ondas, ambas fortes e tubulares. No final da praia, do lado esquerdo, fica La Punta, uma esquerda que pode quebrar bem grande, dependendo do tamanho do swell. É uma boa opção para os finais de tarde. No beach break, o surf é precisamente das 6 às 11 horas, depois o vento maral entra mexendo o mar todo.

679x452
Alexandre Takeo, frequentador dos canudos mexicanos,Sup Guide. - México Foto: Daniel Nava

 

 

MELHOR ÉPOCA

 

Ondulações atingem a costa durante o ano todo, mas é durante o verão, de junho a setembro, que os swells entram maiores, muitas vezes impulsionados por furacões que varrem a costa no sentido Sul/Norte.

Veja também
SUP no Surf Ranch

SUP no Surf Ranch

Kai Lenny abre a session

APP World Tour

APP World Tour

Inclusão é destaque

Memórias de um swell

Memórias de um swell

Hawaii é aqui

Natal Sup Guide

Natal Sup Guide

Pérola do Nordeste

Rei e Rainha do Mar

Rei e Rainha do Mar

Compromisso com o SUP

Natureza renovada

Natureza renovada

Da Lama às ondas!

Young Guns #2

Young Guns #2

De Itacaré para o mundo!

Conexão México

Conexão México

Takeo no "Mexican Pipe"

Rema forte

Rema forte

Paddleboard cresce no Brasil

Projeto Remar

Projeto Remar

SUP Inclusão

Conexão Hawaii

Conexão Hawaii

12 temporadas na conta

Young Guns

Young Guns

Nova geração do SUP

Expedição Tapajós 2018

Expedição Tapajós 2018

Desbravando o Rio Amazonas

CBVAA Anuncia curso

CBVAA Anuncia curso

Formação de Árbitro de Va’a

SUP Sustentabilidade

SUP Sustentabilidade

ONG Trash Hero Bangkok