MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
SupClub
La Ruta 9 - Uruguay
Por Redação SupClub em 02/03/15
Nosso colunista, Andre Torelly, viaja de bicicleta pelo Uruguai e encontra altos picos para a prática do SUP.
Andre Torelly, La Ruta 9 - Uruguay. Foto: Thiago Chagas
Andre Torelly, La Ruta 9 - Uruguay. Foto: Thiago Chagas

Por Andre Torelly

Na segunda parte do projeto 1 Remo uma Busca, escolhi viajar de bicicleta pelo Uruguai levando um cinegrafista junto, o Thiago Chagas. O caminho foi pela Ruta 9 que é a estrada que faz ligação a todas as praias, são retas intermináveis com muitas lombadas e descidas.

Coloquei duas caroneiras na minha bike e um rack para prancha, levei materiais de camping, kit de sobrevivência, comida, roupas e o mais importante: uma prancha de Sup inflável e uma de supsurf. Ao todo a bike pesou 60 kg , parecia uma moto, movimenta-lá foi uma tarefa difícil.

As regiões escolhidas foram o Forte de Santa Teresa, Punta del Diablo, La Paloma e Punta Del Este. Foram 400km percorridos contando com as entradas e saídas e mais o que rodei dentro de cada praia em busca de momentos inesquecíveis com meu SUP nas ondas uruguaias.

As ondas, porém, não ajudaram muito. Durante todos os 4 dias de viagem foram apenas 3 quedas, pois o mar estava quase flat. Uma em El Barco no Forte, outra em Anaconda e a melhor delas foi em La Barra em Punta Del Este, pequenas esquerdas perfeitas quebravam em direção ao canal.

As estradas Uruguaias para quem quer fazer uma viagem de bicicleta ou mesmo de carro são perfeitas, com ótimos acostamentos. O grande problema são os postos de gasolina. Só existem 4 em um trajeto de 320 km. Talvez para quem viaja de carro não seja um problema, mas de bike é um sufoco, pois foi necessário carregar comida, bebida e as paradas  são feitas no matagal mesmo.

O Uruguai é o lugar perfeito para quem quer fazer uma suptrip, com praias calmas para remar e ondas de boa formação muito fáceis para quem esta em fase de evolução. O Stand Up aos poucos está crescendo no país, em todo o trajeto encontrei apenas 2 praticantes que eram brasileiros, um em La Paloma e outro em Punta del Leste. Na praia de La Barra em Punta fiz um surf com Pedro Ruchel que está morando na região e comentou que o esporte está crescendo bastante e que este verão foi o com o maior número de praticantes; comentou também que alguns pequenos campeonatos estão acontecendo.

Para quem quer conhecer o Uruguai ai vão algumas dicas: troque o peso uruguaio no Brasil, pois lá você pode pagar em real, mas cada lugar vai ter o seu câmbio e você sempre acaba perdendo; poucos lugares aceitam cartão de crédito então leve dinheiro, existem muitos campings, hostels e pousadas com preços variando entre R$ 19, 00 e R$ 50,00 a diária, mas a comida é bem cara, tanto em supermercados quanto em restaurantes.

Agora me preparo para mais um destino na América do Sul, continuando o projeto 1 Remo uma Busca.

Confira o diário de viagens de André Torelly acessando seu site Torellys.com e também pelo Instagram @andretorelly.

Veja também
SupClub

SupClub

Uma esquerda chamada Pavones

SupClub

SupClub

Um ano na busca

SupClub

SupClub

Galeria de imagens de SUP em Bototito

SupClub

SupClub

Um pequeno povoado chamado Bototito

SupClub

SupClub

De SUP e mochila pelo Equador

SupClub

SupClub

Descobrindo os segredos de Uspallata

SupClub

SupClub

1 remo e uma busca no Chile

SupClub

SupClub

1 Remo e uma Busca na Costa Rica:

SupClub

SupClub

Aventuras no Velho Mundo

SupClub

SupClub

No fim do mundo

SupClub

SupClub

Coluna Ultra Paddle Run: Vola à Ilha do Mel

SupClub

SupClub

Ultra Paddle Run