MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Construtor de Sonhos
Geninho alma havaiana
Por Alex Araujo em 01/10/18
Conversamos com Eugênio Azevedo proprietário da NIUE VA'A.
1280x720
Eugênio Azevedo, WAHINE feita em madeira em 2004. Foto: Arquivo

 

Conversamos com o Eugênio Azevedo ( Geninho), que é um dos pioneiros em fabricação de canoa havaiana no Brasil, para entender como anda o crescimento do esporte e também um pouco da fabricação e história do esporte no Brasil, confira:

Conte um pouco de sua história, como foi seu primeiro contato com a canoa havaiana e como surgiu a ideia de começar a fabricar?
 

Trabalho com a construção naval desde a década de 80 e conheci o Ronald Williams Em 2002 quando ele me procurou para fabricar remos de madeira depois fiz as formas da 1ª OC1e em 2003 Fiz as formas da OC6 usando como modelo a LanaKyla.

1280x720
Fabricação Foto: Divulgação

 

Quanto tempo leva para a fabricação de uma canoa OC-6?

 

São várias as etapas da construção em fibra de vidro primeiramente tem a aplicação do gel coat que e a cor externa, depois vem a impregnação de resina em mantas e tecidos de fibra de vidro e no meio disso tem os núcleos de divinycel ou outro material. após sair das formas vem da montagem e chumba-se as peças de proa e popa, wais, bancos e anteparas e por fim o acabamento de retoques do gelcoat e a pintura interna. Hoje fabricamos cerca de 4 a 5 unidades por mês.

940x1280
Eugênio Azevedo Foto: Arquivo

 

Como você vê o crescimento do mercado, já que é um dos pioneiros no Brasil, e sua canoa é a usada por vários Clubes? 

 

O esporte está em franco crescimento no Brasil primeiro devido ao nosso abençoado litoral e o clima tropical, depois por unir um ótimo exercício em contato direto com a natureza mais aquele espírito Ohana de sociabilidade, união e respeito entre as pessoas da mesma canoa, do mesmo clube e também com os demais praticantes no Brasil e pelo mundo afora.

Tenho acompanhado durante todo esse tempo o crescimento substancial de muitos clubes e vejo que chega uma hora que com muita gente fica difícil de organizar e administrar como também para conciliar diversas tendências e visões, então vão se abrindo e formando novos clubes.

Hoje um dos maiores empecilhos para formação de novos clubes é o local onde colocar a canoa pois é muito grande e pesada, portanto tem que ficar perto da água. Em muitas cidades há enormes dificuldades para conseguir esse espaço adequado. Vejo hoje com muito entusiasmo clubes náuticos e marinas abraçando a Va’a como o Iate Clube da Bahia, o Clube Naval Charitas e São Francisco Praia Clube ambos em Niterói, Aquidabã em Angra e a Marina da Glória no Rio.

780x1040
Batismo da Canoa de número 100 fabricada por Eugênio. Foto: Divulgaçao

 

Qual região do país que você vê como o grande berço da canoagem?

 

O Berço da Va’a no Brasil é o Rio de Janeiro quando o Ronald Williams trouxe a Lanakila e a fundou “Rio Outrigger Club”. O início da fabricação das OC6 ocorreu em Santos pelo Fabio Paiva da Opium. Anos depois a Hallau do Hugo Sanches começou a produzir a Bradley tripartida e há cerca de 5 anos atrás também lancei a OC6 e OC4 tripartidas, agora em agosto entreguei e foi batizada a 100ª OC6 de minha fabricação.

O estado do Rio de Janeiro tem a maior parcela do esporte no Brasil especificamente no Rio, Niterói e Cabo Frio. O Nordeste atualmente tem tido um grande crescimento.

1200x590
Eugênio Azevedo Foto: Divulgaçao

 

Para finalizar deixe um recado para os remadores do SupClub:

 

Os praticantes do esporte já sabem bem da energia e os benefícios  que citei a cima, mas acho importante ressaltar tudo isso para os novos remadores e os interessados em começar a praticar o esporte pois tenho visto ao longo desse tempo muitas pessoas que ao começar praticar o esporte sanaram  ou atenuaram os mais diversos problemas físicos, psíquicos como também de relacionamentos e sociabilização.

 

Veja também
CEM

CEM

Segurança no Mar

Responsabilidade Digital

Responsabilidade Digital

Va'a com segurança

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Nasceu Moana

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Histórias que se misturam

Imua Noronha

Imua Noronha

Remando no Paraíso

Tradição baiana

Tradição baiana

Remada de Iemanjá

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Palavra do capitão

Lokomaikaii

Lokomaikaii

E Ala E - Um Canto ao Sol Nascente

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Invasão desordenada!

Canoa para todos

Canoa para todos

São Sebastião é destaque em canoagem

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Manobras de segurança

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Nunca pule uma canoa havaiana!

Mestre do Mar

Mestre do Mar

A banalização dos acidentes de remo.

Lokomaikaii

Lokomaikaii

O Mistério da Banana na Canoa

Va’a nos seus sentidos

Va’a nos seus sentidos

Inclusão pela Canoa Havaiana!

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Surf de Canoa: Emoção e Perigo