MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Lokomaikaii
Nasceu Moana
Por Redação SupClub em 19/02/19
Confira a matéria desta semana da nossa colunista especialista em cultura polinésia, Luiza Perin.
Por Luiza Perin
554x554
moana, Moana Foto: Divulgação.

 

Nasceu uma princesa da Disney que não precisa de um príncipe para ter uma história com final feliz. Sua felicidade é ir além do horizonte, e ela vai. Nasceu uma princesa da Disney que não usa tranças no cabelo porque elas podem se enrolar nos cabos de sua canoa a vela, e quando ela põe mãos à obra para navegar, faz um coque como toda mulher comum faz no dia a dia. 


Nasceu uma princesa da Disney morena, de cabelo volumoso, que anda descalça e desobedece o pai - sem desrespeitá-lo - para ir atrás de seu sonho. Ela não espera que um feitiço se quebre para realizar sua felicidade, não espera um beijo, um amor ou um encanto. Ela rema em busca do que deseja. Moana é uma princesa que define muitas mulheres da vida real e toca especialmente as remadoras! Mas vamos conhecer um pouco mais a sua história? 

Moana é uma jovem polinésia de 16 anos nascida na ilha de Motu Nui. Ela é filha do chefe da tribo, um  grande ali’i nui, que mostra pra ela que a muitas gerações sua família vive naquela ilha, pois tudo o que precisam pra ser felizes está exatamente ali: alimento, frutos, água, vida em sociedade e natureza equilibrada. 

No enredo do filme, é chegada a hora de Moana assumir seu posto de chefe tribal, mas ela não consegue abafar uma voz que vem de dentro do seu coração, desde pequena, que lhe chama para ir além do horizonte, contrariando toda a tradição familiar de anos e anos, em que tudo se resume em permanecer ali. 

Moana passa grande parte do filme tentando entender por que se sente tão atraída pelo mar.

Sua avó Tala, uma sabia anciã kahuna, lhe mostra o caminho incentivando-a a seguir sua intuição. E então Moana descobre a abertura de uma grande caverna onde existem guardadas lindas canoas, mantidas ali por muitos e muitos anos pela sua tribo. Em êxtase, ela descobre:

“ÉRAMOS VIAJANTES!”. 

A história da Moana é a história do povo polinésio, de como eles ocuparam todas as ilhas do Oceano Pacífico, todas: NAVEGANDO! Navegavam pelo maior oceano do Planeta em uma época remota, sem instrumentos de navegação e guiavam-se pelas estrelas e pela paisagem.

Permaneciam por meses a bordo e nestas jornadas muitas canoas naufragavam e inúmeras vidas sucumbiam. Quando enfim chegavam a ilhas promissoras, com água, alimento e boas condições para se viver, estabeleciam ali sua morada e assim grandes sociedades nasciam.

1000x562
Moana Foto: Divulgação.

 

Taiti, Ilhas Marquesas, Ilhas Sociedade e Havai são exemplos de grandes arquipélagos que se tornaram o berço desta cultura de povos navegantes. Mas algumas vezes estas empreitadas não tinham tanto sucesso e tudo o que os primitivos velejadores descobriam no oceano eram atóis ou ilhas formadas por rasos recifes onde a vida não seria tão fácil e com abundâncias. 


Eles precisavam de ilhas com florestas para construir suas canoas e, por isto, quando chegavam a ilhas maravilhosas como a ilha de Motu Nui (palavra polinésia que significa, literalmente, ilha grande), estabeleciam sua morada e cessavam a continua busca pelo mar. E então as populações cresciam e isolavam-se  de seus antepassados das ilhas que ficavam para trás e, assim, surgiam novos costumes e novas línguas. 

A resistência do pai da Moana em atravessar os recifes para ir além do horizonte mostra este movimento das culturas do Pacífico. Mas quando a jovem descobre que seus ancestrais eram navegantes, ela ganha confiança, se empodera, pega uma daquelas canoas da caverna e segue seu coração com destino à linha do horizonte!  

O nascimento desta princesa da Disney foi muito importante para a popularização desta cultura tão linda que é a cultura das canoas polinésias. Viva a valente Moana! 

Dicas para o leitor: 

1- Se você é remador e ainda não assistiu, assista! É uma boa forma descontraída de aprender sobre a cultura polinésia. 

2- Se quiser saber mais curiosidades sobre este filme nesta coluna,,escreva para mim no Instagram @voudecanoa . Tem muita coisa interessante ainda sobre o filme que não contei aqui! 

Assista ao filme:



Aloha e até a próxima semana!
Veja também
Estadual de VA'A

Estadual de VA'A

Rio de Janeiro

França de Luto

França de Luto

Remador francês morre durante treino de downwind.

Olhar social

Olhar social

V1RJ

VISA 2019

VISA 2019

Briefing será no Sheraton Santos Hotel

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Ilhas Maricas

Volta à Ilha de Santo Amaro

Volta à Ilha de Santo Amaro

16 anos de história

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Tempo e condições climáticas.

Fera no Va’a

Fera no Va’a

Gabi Latini

CEM

CEM

Segurança no Mar

Responsabilidade Digital

Responsabilidade Digital

Va'a com segurança

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Histórias que se misturam

Imua Noronha

Imua Noronha

Remando no Paraíso

Tradição baiana

Tradição baiana

Remada de Iemanjá

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Palavra do capitão

Lokomaikaii

Lokomaikaii

E Ala E - Um Canto ao Sol Nascente