MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
Canoagem Polinésia
Red Bull Wa’a vence a 65ª Molokai Hoe
Por Redação SupClub em 09/10/17
Pela primeira vez desde 2005, uma equipe de OC6 baseada no Havaí supera as equipes do Taiti e vence a mais prestigiosa prova de travessia de canoa polinésia do mundo.
3900x2600
Red Bull Wa'a, que este ano contou com reforços do taiti entre seus membros, foi a grande vencedora do Molokai Hoe 2017. Esta foi a primeira vitória de uma equipe baseada no Havaí desde 2005. Foto: Reprodução/ Star Advertiser.

 

Centenas de remadores coloriram as águas do canal Ka'iwi, que separa as ilhas havaianas de Molokai e Oahu, no último domingo (08) para realização da 65ª edição da Molokai Hoe, a mais prestigiosa prova de travessia em OC6 do mundo.

 

150 equipes participaram da prova, que é uma das mais antigas do Havaí, e desde 2005 vinha sendo, ano após ano, dominada pelos taitianos. No entanto, este ano uma equipe havaiana estava determinada a quebrar essa hegemonia.

 

Baseada na ilha de Big Island, Havaí, a Red Bull Wa'a foi fundada com a missão de quebrar a hegemonia dos taitianos nas provas de OC6. Tarefa árdua, uma vez que só a Shell Va’a tem nada menos do que 10 títulos da Molokai Hoe e, desde 2005, só havia sido superada por outra equipe do Taiti, a Edt Va'a, em 2014, para então voltar a dominar a prova nos dois anos seguintes.

 

A solução encontrada pela Red Bull Wa’a foi trazer remadores da Edt Va'a para seu time, o que gerou algumas críticas entre puristas argumentando que essa postura não faria da RDW uma equipe “genuinamente” havaiana, mas uma equipe mista entre Havaí e Taiti.

 

3900x2600
Shell Va'a vendeu caro sua derrota, chegando apenas 31 segundos atrás da Red Bull Wa'a. Foto: Reprodução/ Star Advertiser.

 

Polêmicas à parte, o fato é que o dever de casa foi feito e a edição de 2017 da Molokai Hoe teve finalmente uma equipe da casa no lugar mais alto do pódio.

 

Os taitianos, no entanto, deram muito trabalho e a disputa pela primeira colocação foi espetacular. A campeã Red Bull Wa’a terminou a prova com o tempo de 4h50s01s e a vice-campeã Shell Va’a chegou praticamente empatada com apenas 31 segundos de diferença!

 

Na terceira colocação, outra equipe havaiana: Lanikai Canoe Club, de Oahu, com o tempo de 4h58m06s e, completando o pódio, mais uma equipe havaiana: Hui Nalu Canoe Club, que teve este ano a participação do supercampeão Travis Grant (AUS).

 

Entre os destaques da prova vale ressaltar também a participação do legendário Joseph “Nappy” Napoleon, que aos 76 anos de idade concluiu no último domingo sua sexagésima participação na Molokai Hoe. Confira o vídeo abaixo (em inglês)

  

 

BRASIL NA PROVA

 

O capixaba Pedro Henrique Weichert , que assina a coluna “Remando com Pedrinho” para o SupClub, representou o Brasil na prova remando junto com a equipe havaiana “Waikiki Beach Boys” que concluiu a disputa na 17ª colocação.

 

Resultados completos AQUI.

Veja também
CEM

CEM

Segurança no Mar

Responsabilidade Digital

Responsabilidade Digital

Va'a com segurança

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Nasceu Moana

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Histórias que se misturam

Imua Noronha

Imua Noronha

Remando no Paraíso

Tradição baiana

Tradição baiana

Remada de Iemanjá

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Palavra do capitão

Lokomaikaii

Lokomaikaii

E Ala E - Um Canto ao Sol Nascente

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Invasão desordenada!

Canoa para todos

Canoa para todos

São Sebastião é destaque em canoagem

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Manobras de segurança

Lokomaikaii

Lokomaikaii

Nunca pule uma canoa havaiana!

Mestre do Mar

Mestre do Mar

A banalização dos acidentes de remo.

Lokomaikaii

Lokomaikaii

O Mistério da Banana na Canoa

Va’a nos seus sentidos

Va’a nos seus sentidos

Inclusão pela Canoa Havaiana!

Mestre do Mar

Mestre do Mar

Surf de Canoa: Emoção e Perigo