MENU COMPETIÇÕES GUIA WAVESCHECK
SUP Dicas
Crianças e os watersports
Por Redação SupClub em 30/03/17
Entenda porque incentivar uma criança a praticar esportes, de uma maneira equilibrada e lúdica, é fundamental para seu desenvolvimento e crescimento. Saiba mais.
960x580
A diversão é o mais importante. O esporte não deve ser imposto pelos pais e nem visto como obrigação. Foto: Carla Falleiros.

 

A prática do esporte na vida de uma criança pode ser um fator fundamental de desenvolvimento e de crescimento, e, no caso de watersports como o stand up paddle e a canoa polinésia, existem mais fatores agregadores como o despertar de uma consciência ecológica, uma vez que essas atividades são praticadas ao ar livre, onde a interação com o meio ambiente é direta.

 

No entanto, os pais devem ficar atentos para que essa experiência contribua de forma positiva para o físico e para a mente da criança. Especialistas recomendam a prática de uma maneira equilibrada, respeitando as capacidades e as habilidades motoras de cada criança. O esporte não deve ser imposto nem visto como obrigação ou como imposição do desejo dos pais de transformar seus filhos em atletas. A criança tem que gostar e se divertir enquanto realiza uma atividade esportiva. A diversão é o mais importante, assim, o esporte deve ser introduzido na vida da criança de uma forma gradual, para que se dê por satisfeitas suas necessidades lúdicas.

 

QUANDO COMEÇAR?

 

Entre os quatro e os seis anos de idade, a criança deve começar a ter contato com o esporte de maneira prazerosa, divertida, como se fosse uma brincadeira. Ela deve aprender a atividade física sem nenhum compromisso maior. Nessa idade, a criança deve experimentar várias modalidades esportivas, sem obrigação de aprender suas técnicas específicas. Com aproximadamente oito anos, é bom deixar que ela se oriente e direcione para determinado esporte, de acordo com suas habilidades, desejos e preferências. Deve ser uma decisão natural da criança.

 

O esporte ajuda a criança:

 

1- A fazer amigos e a ingressar na sociedade;

 

2- A aprender e a seguir regras;

 

3- A superar a timidez ou a vergonha;

 

4- A frear os seus impulsos e ansiedade;

 

5- A ser mais colaboradora e menos individualista ou egoísta;

 

6- A reconhecer e respeitar que existe alguém que sabe mais que ela;

 

7- A melhorar a sua coordenação motora;

 

9- A crescer física e emocionalmente;

 

10- A corrigir possíveis defeitos físicos;

 

11- A potenciar bons hábitos;

 

12- A dominar os seus movimentos;

 

13- A estimular a sua saúde e higiene;

 

14- A ter responsabilidades e compromissos;

 

15- A respeitar e entender a importância de se preservar o meio ambiente (especialmente no caso dos watersports).

 

Fonte: guiainfantil.com


Gostou da dica? Então, saiba mais e confira nossa página de SUP Dicas! 

 

Veja também
Remada noturna

Remada noturna

5 dicas para remar durante a noite

SUP Dicas

SUP Dicas

4 erros básicos de remada (e como corrigi-los)

Reflexão

Reflexão

O que te faz feliz de verdade?

SUP Dicas

SUP Dicas

Diferenças básicas em fundos e outlines de um stand up paddle

SUP Dicas

SUP Dicas

6 alimentos que irão turbinar seus treinos

Humor

Humor

Arquétipos do stand up paddle

SUP Dicas

SUP Dicas

Dores no ombro

Guia de inverno

Guia de inverno

Testamos o Mormaii Flexxxa Neo

SUP Dicas

SUP Dicas

A importância do leash

SUP Dicas

SUP Dicas

Big SUP surfe

SUP Dicas

SUP Dicas

Remar é qualidade de vida

SUP Dicas

SUP Dicas

Iniciação no surfe de stand up paddle

SUP Dicas

SUP Dicas

Acampar numa SUP Trip

SUP Dicas

SUP Dicas

Cartilha da etiqueta do SUP Surfista.

SUP Dicas

SUP Dicas

Cinco benefícios do Stand Up Paddle para a saúde